segunda-feira, 17 de março de 2008

um dia de chuva....

Um dia de chuva...

Ouço a chuva a bater na janela…
Olho, e algo em mim se ilumina de repente!
Aquele som maravilhoso faz-me vir em mente aquele cheirinho bom….da terra molhada!

Fico horas a olhar…. E chamam-me de louca porque gosto de sentir aquele friozinho ao qual eu chamo de brisa da chuva!
Passo horas ali, se a brisa não se for embora e se o sol não invadir, o meu momento.
O tempo passa e eu sonho, ali, acordada….

Não sei com o que sonho, não sei o que vejo……so sei que fico parada olhar a ver as gotas a cair….
Chamam-me para ir….e eu penso” tenho mesmo que ir?”…
No impulso do meu pensamento vou rápido pois a minha única preocupação é voltar a vir para fora….

Ocupam-me….

E em tudo que faço tento que seja preciso paxar naquele sitio….
Aquele onde posso sentir a brisa e levar com umas goticas na cara….
Fco ansiosa e não vejo a hora de voltar a entrar em transe com a chuva…..
Faço as minhas obrigações mas sempre a pensar não quanto vai ser bom acaba-las…
Passam-se horas e finalmente saio….

Felizmente a chuva não foi embora e eu no caminho para casa ainda pude sentir e ver a chuva….

Parece ser estúpido mas a única coisa que me passa pela cabeça é que queria muito que chuvesse o suficiente para matar as minhas saudades dakeles tempos em que eu ficava em casa ao domingo a tarde a ver a chuva a cair e a ouvir o som da trovoada….

Sem comentários: